Resenha | Marcel Schwob revisita história lendária no ótimo ‘A cruzada das crianças’

Se a versão mais conhecida da lendária cruzada das crianças for verdadeira, trata-se de uma das ideias mais furadas da história da humanidade. Segundo ela, em 1212, um bando de crianças europeias se reuniu para cruzar o Mar Mediterrâneo e reconquistar Jerusalém dos muçulmanos. A única arma que possuíam era a pureza — qualidade supostamente ausente nos cavaleiros que vinham fracassando na mesma missão há séculos.

Continuar lendo “Resenha | Marcel Schwob revisita história lendária no ótimo ‘A cruzada das crianças’”

Resenha | Três contos, de Gustave Flaubert

Três-contos---FlaubertTRÊS CONTOS
Autor:
Gustave Flaubert
Tradução:
Milton Hatoum e Samuel Titan Jr.
Editora:
34
Páginas:
144
Avaliação: 5-estrelas-otimo
/ Ótimo
Onde comprar:
Amazon

As narrativas reunidas em Três contos foram escritas com tanta maestria, que é difícil acreditar que Gustave Flaubert estava passando por uma crise quando as criou. O escritor, principal nome do Realismo francês e autor de obras como Madame Bovary (1857), enfrentava sérios problemas financeiros e não conseguia finalizar o romance Bouvard e Pécuchet de jeito nenhum. Mas em 1877, quando Três contos foi publicado, o próprio Flaubert teve certeza de que tinha recuperado a boa forma.

Continuar lendo “Resenha | Três contos, de Gustave Flaubert”

Resenha | A sonata a Kreutzer, de Lev Tolstói

A SONATA A KREUTZER
Autor: Lev Tolstói
Tradução: Boris Schnaiderman
Editora: 34
Páginas: 120
Onde comprar: Amazon

Publicada em 1891, A sonata a Kreutzer é uma das obras mais controversas de Tolstói. A novela é praticamente um monólogo do personagem Pózdnichev, no qual ele narra a longa crise de seu casamento, que culminou no assassinato da própria esposa.

Continuar lendo “Resenha | A sonata a Kreutzer, de Lev Tolstói”

Resenha | A morte de Ivan Ilitch, de Lev Tolstói

A morte de Ivan Ilitch
Autor: Lev Tolstói
Tradução: Boris Schnaiderman
Editora: 34
Páginas: 96
Compre pela Amazon: amzn.to/2GB23UU

Não vou fazer cerimônia: A morte de Ivan Ilitch é um livro sensacional e Tolstói é um gênio. Pouquíssimos escritores seriam capazes de contar a história de um funcionário público bem comum, destacando, principalmente, a longa agonia que precedeu a sua morte, e transformar essa narrativa numa obra-prima da literatura mundial.

Continuar lendo “Resenha | A morte de Ivan Ilitch, de Lev Tolstói”