Resenha | Cheguei bem a tempo de ver o palco desabar, de Ricardo Alexandre

O jornalista Ricardo Alexandre acompanhou de perto — bem de perto — a efervescente cena do rock nacional da década de 1990. Em Cheguei bem a tempo de ver o palco desabar ele combina relatos de sua experiência pessoal nesse período com análises sobre os acertos e erros daquela geração.

Continuar lendo “Resenha | Cheguei bem a tempo de ver o palco desabar, de Ricardo Alexandre”

Resenha | O dia em que o rock morreu, de André Forastieri

O dia em que o rock morreu é uma boa amostra do tipo de jornalismo que André Forastieri sempre pregou e praticou: crítico, iconoclasta, provocador. O livro reúne textos escritos ao longa de toda a sua carreira profissional, que inclui passagens marcantes pela Folha de São Paulo e pela Revista Bizz — a publicação mais importante da minha adolescência, que moldou minha paixão por música, embora num período posterior ao dele.

Continuar lendo “Resenha | O dia em que o rock morreu, de André Forastieri”

Resenha | Heavier than heaven – Mais pesado que o céu, de Charles R. Cross

Heavier than heaven – Mais pesado que o céu
Autor: Charles R. Cross
Tradução: Cid Knipel
Editora: Globo Livros
Páginas: 456
Onde comprar: Amazon

Heavier than heaven – Mais pesado que o céu é um livro obrigatório pra todo mundo que, como eu, é fã do Kurt Cobain. Essa biografia narra toda a vida do líder do Nirvana e apresenta detalhes reveladores de sua carreira e de sua intimidade. Mas, antes de iniciar a leitura, o leitor deve respirar fundo: o livro é fascinante, mas também é tristíssimo. E não tinha como ser diferente.

Continuar lendo “Resenha | Heavier than heaven – Mais pesado que o céu, de Charles R. Cross”