Resenha | “El Borbah”: primeiro personagem de Charles Burns é um detetive que investiga casos bizarros

No começo da década de 1980, Charles Burns ainda não era o celebrado e premiado autor da graphic novel Black Hole. Aos vinte e poucos anos, ele desenhava histórias em quadrinhos de apenas uma página, mas sabia que, se quisesse ser publicado, precisava desenvolver narrativas mais longas. O problema é que ele ainda não tinha um personagem marcante. Foi então que Burns, inspirado pelos programas de luta livre que assistia na TV e pelo sobrenome de um amigo, criou o detetive El Borbah.

O personagem logo caiu nas graças de ninguém menos que Art Spiegelman (autor de Maus), e El Borbah fez sua estreia na revista Raw, que Spiegelman editava com a esposa, Françoise Mouly. As histórias do detetive também seriam publicadas na Heavy Metal e, mais tarde, na coletânea Hardboiled Defective Stories. Essa edição da DarkSide Books reúne as cinco aventuras de El Borbah criadas por Burns.

O autor trabalha com vários clichês das histórias de detetive, como o investigador durão, as mulheres misteriosas e os clientes com problemas conjugais. Mas o universo criado por Charles Burns é muito particular, a começar pelo seu protagonista.

Comprando “El Borbah” no site da DarkSide Books, você ganha um kit de marcadores exclusivo.

El Borbah se veste como um praticante de lucha libre e não tira a fantasia em nenhum momento. Ele come e bebe exageradamente e está acima do peso. Sempre com o cigarro na boca, ele trabalha apenas pelo dinheiro e gosta de usar a interjeição “Jesus Cristinho”.

Os ambientes e os coadjuvantes das histórias também são pra lá de bizarros. Os casos investigados por El Borbah envolvem robôs, clínicas de criogenia e seitas religiosas estranhíssimas. Vários personagens fazem — ou sofrem — alterações em seus corpos, de uma maneira que deixaria David Cronenberg orgulhoso.

Com desenhos em preto e branco, uma pegada totalmente underground e um humor bem peculiar, El Borbah pode causar um certo estranhamento em quem não costuma ler HQs mais alternativas. Algumas histórias são um pouco apressadas, o que pode ser explicado pelo fato de Charles Burns ainda ser um iniciante na época em que elas foram criadas. Mas as aventuras de El Borbah são uma divertida homenagem/sátira às histórias de detetive, e valem pela curiosidade de ser o trabalho inicial de um dos quadrinistas norte-americanos mais importantes das últimas décadas.


EL BORBAH
Autor: Charles Burns
Tradução: Paulo H. Cecconi
Editora: DarkSide Books
Páginas: 128
Onde comprar: Amazon | DarkSide Books

*Livro recebido através da parceria com a DarkSide Books.


Postado por Lucas Furlan

É formado em Comunicação Social e trabalha com criação de conteúdo para a internet. Toca guitarra e adora música e cinema, mas, antes de tudo, é um leitor apaixonado por livros.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s