Resenha | Exorcismo: O Ritual Romano, de El Torres

Imagine se uma possessão demoníaca acontecesse dentro do Vaticano, e a única pessoa capaz de combater esse mal fosse um padre que se afastou de Roma depois de quase ter sido excomungado… Esse é exatamente o ponto de partida de Exorcismo: o Ritual Romano, que a DarkSide Books acaba de lançar pelo selo DarkSide Graphic Novel.

Uma freira demoníaca

O tal padre se chama John Brennan. Ele é convocado para voltar com urgência ao Vaticano e, mesmo relutante, atende o chamado. Em Roma, ele se depara com um caso inédito de possessão, que já custou a vida de outro exorcista e que, se não for resolvido, é capaz de destruir a Igreja Católica.

Ao investigar a situação, Brennan passa a ser perseguido pelo espírito de uma freira demoníaca, que está determinada a impedir que ele cumpra sua missão.

Bento XVI

Exorcismo: o Ritual Romano é absolutamente aterrador. É um choque quando o leitor descobre o que está acontecendo no Vaticano — ninguém pode dizer que El Torres (nome artístico do espanhol Juan Antonio Torres) não é ousado! A freira é assustadora e John Brennan é um personagem incrível, dividido entre sua vocação e seus conflitos com a igreja.

Como toda história sobre exorcismo, a graphic novel tem bastante sangue, palavrões, vômitos e várias coisas nojentas. Mas, além da questão sobrenatural, Exorcismo: o Ritual Romano também trata de temas como ambição, corrupção e pedofilia.

Uma curiosidade sobre a HQ é que Ritual Romano é um livro litúrgico que existe de verdade. Ele apresenta várias instruções sobre rituais de exorcismo — os procedimentos e orações feitos por John Brennan foram tirados dele. El Torres também fez do Papa Emérito Bento XVI um dos personagens da história e, coincidentemente, o roteirista elaborou a ideia algumas semanas antes dele renunciar, em 2013.

Os desenhos de Jaime Martínez e as cores de Sandra Molina caem como uma luva para a trama, e o volume da DarkSide — que reúne as quatro partes da história, que foram publicadas separadamente no exterior — é perfeito. Aliás, comprando pelo site da editora, você ganha de brinde um crucifixo e um marcador em formato de hóstia!

Obviamente, Exorcismo: o Ritual Romano não é recomendado para leitores que se sentem insultados quando sacerdotes, rituais e imagens da religião católica são usados numa obra de ficção de forma blasfema — ainda que, no fim das contas, El Torres mostre também o lado positivo da igreja. Mas se você procura uma HQ de terror impressionante, muito bem escrita e com diversas surpresas, essa é minha indicação pra você!

EXORCISMO: O RITUAL ROMANO
Autores: El Torres (roteiro), Jaime Martínez (arte) e Sandra Molina (cores)
Tradução: Letícia Ribeiro Carvalho
Editora: DarkSide Books
Páginas: 128
Onde comprar:Amazon | DarkSide Books

*Livro recebido através da parceria com a DarkSide Books.


Postado por Lucas Furlan

É formado em Comunicação Social e trabalha com criação de conteúdo para a internet. Toca guitarra e adora música e cinema, mas, antes de tudo, é um leitor apaixonado por livros.

4 comentários em “Resenha | Exorcismo: O Ritual Romano, de El Torres

  1. Hahaha, essa Darkside surpreende com os brindes que acompanham os livros, né? Comprei Drácula final de setembro, e veio uma estaca junto. Me diverti horrores. Na minha cabeça a foto da estaca era a foto de um marcador de páginas. Nunca ia imaginar que era uma estaca de verdade!

    Não sei se teria coragem de ler essa HQ, mas ela parece realmente uma super indicação para os fãs de terror.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s