Resenha | ‘É assim que se perde a guerra do tempo’ é um romance belo e estranho

É assim que perde a guerra do tempo é um livro desconcertante. O leitor, desavisado, inicia a leitura esperando encontrar apenas mais uma história sobre inimigos que se apaixonam, mas acaba mergulhando num universo onde a estranheza surpreende, mas também confunde.

Continuar lendo “Resenha | ‘É assim que se perde a guerra do tempo’ é um romance belo e estranho”

Resenha | A era da escuridão, de Katy Rose Pool

Katy Rose Pool foi ousada ao escrever A era da escuridão, seu primeiro romance. Afinal, a história tem cinco protagonistas, se passa num mundo fantástico com mitologia própria e aborda temas como fundamentalismo, refugiados e sexualidade. O resultado é bacana, mas o livro poderia ser melhor se não se desenvolvesse com tanta timidez.

Continuar lendo “Resenha | A era da escuridão, de Katy Rose Pool”

Editora Suma anuncia revista digital de literatura fantástica

A Editora Suma, selo do Grupo Companhia das Letras voltado para a literatura fantástica, vai lançar em outubro uma nova revista digital, a Suprassuma. Ela vai ser disponibilizada gratuitamente em PDF e e-book e apresentará contos inéditos de autores nacionais.

Continuar lendo “Editora Suma anuncia revista digital de literatura fantástica”

Resenha | “Joyland”: uma bela porta de entrada para a obra de Stephen King

Toda vez que posto algum conteúdo sobre o Stephen King, duas perguntas sempre aparecem nos comentários: “Nunca li nada dele, o que você indica pra começar?” e “Quero ler Stephen King mas tenho medo de livros de terror, o que você recomenda?”. Joyland pode ser a resposta para ambas as questões.

Continuar lendo “Resenha | “Joyland”: uma bela porta de entrada para a obra de Stephen King”