Com temas ainda atuais e uma construção muito interessante, ‘Carrie’ conserva seu frescor até hoje

Primeiro livro de Stephen King, Carriefoi resenhado pela Carla aqui no blog em 2016. Mas como a obra ganhou uma edição especial (dentro da ótima coleção Biblioteca Stephen King, com capa dura, nova tradução e sem o aposto “a estranha” no título), achei válido fazer um novo post sobre ele, agora com a minha opinião.

Continuar lendo “Com temas ainda atuais e uma construção muito interessante, ‘Carrie’ conserva seu frescor até hoje”

Resenha | ‘As Sombras de Outubro’, de Sørem Sveistrup

Já ficou bem claro pra quem acompanha minhas resenhas por aqui que adoro o gênero suspense, né? Acredito que essa paixão surgiu com os livros da Agatha Christie. Sempre me encantei com a forma como seus detetives vão juntando as peças da investigação e, de repente, tudo é revelado. E na maioria das vezes eu fico espantada, porque o criminoso não é quem eu esperava que fosse.

Continuar lendo “Resenha | ‘As Sombras de Outubro’, de Sørem Sveistrup”

Resenha | ‘Uma Família Quase Perfeita’, de M. T. Edvardsson

Sabe aqueles livros que a gente começa a ler e não consegue largar? “Uma Família Quase Perfeita”, de M.T. Edvardsson, é um desses!

Nele somos apresentados a uma pequena família sueca, conhecida e respeitada por toda a comunidade onde vivem. Adam, o pastor da igreja local, é o pai; Ulrika, uma experiente advogada de defesa, é a mãe; Stella, uma jovem de 18 anos, é a filha. Ela está presa, acusada de assassinato.

Continuar lendo “Resenha | ‘Uma Família Quase Perfeita’, de M. T. Edvardsson”

Resenha | ‘Love – A História de Lisey’ é um dos livros favoritos de Stephen King, e não é por acaso

Sabe quando a gente diz que algo é “uma viagem”? Pois é, Love — A História de Lisey é uma verdadeira viagem, no melhor sentido dessa expressão. Stephen King nos conduz por lugares e situações impressionantes e intensas. E é incrível: meu cérebro tem o registro exato de cada um desses lugares visitados. Talvez aí resida parte da genialidade do autor. Mesmo que não haja descrições extremamente detalhadas dos cenários, eu conseguia me sentir dentro de cada um deles.

Continuar lendo “Resenha | ‘Love – A História de Lisey’ é um dos livros favoritos de Stephen King, e não é por acaso”