Resenha | “Fangirl”: jovem autora de fanfics tem que encarar uma série de mudanças em sua vida real

Sempre gostei de romances adolescentes/juvenis. Nem todas essas histórias ganham meu coração de fato, mas Fangirl foi um daqueles livros que eu não conseguia largar. Só o deixei um pouco de lado quando estava perto de terminar, e acho que foi justamente porque eu não queria chegar ao fim. É uma história emocionante e divertida, com personagens envolventes que eu queria conhecer cada vez mais. Aliás, acho que em minha adolescência eu poderia ter sido — facilmente — amiga de todos eles!

A escritora americana Rainbow Rowell.

Conhecemos a história de Cath, uma jovem que vive as aventuras e ansiedades do primeiro ano de faculdade. Não bastassem todas as dificuldades naturais desse momento, ela ainda tem que lidar com os conflitos que surgem com sua irmã gêmea, com um pai que não encara muito bem a solidão nesse novo momento da vida das filhas, com a tentativa de retorno da mãe que as abandonou quando eram muito pequenas, além dos novos colegas, romances, trabalhos, provas e o lançamento do último livro de Simon Snow.

Simon é o personagem principal de uma série de livros, uma saga ao estilo Harry Potter, da qual Cath e sua irmã Wren são fãs. Elas são tão fanáticas pelo personagem, que passam anos e anos escrevendo fanfics sobre esse universo mágico. Com a ida à faculdade, Wren perde o interesse pela saga, mas Cath tem o forte desejo de terminar sua obra prima das fanfics, Sempre em frente, encerrando a sua versão da história antes que o último livro oficial da saga seja lançado.

Ao final de cada capítulo de Fangirl, podemos ler um trechinho da história de Simon Snow (alguns trechos são da autora original, outros são das fanfics de Cath). O engraçado é que a escritora Rainbow Rowell decidiu trazer os livros de Simon para a vida real! Ela já publicou dois volumes: Sempre em frente e O filho rebelde. Ambos acabaram de ganhar novas edições pela Editora Seguinte — e logo, logo a gente volta a falar deles aqui no blog.

Uma coisa é fato: cheguei ao fim do livro encantada pela história de Cath, Wren, Levi, Reagan… E, com certeza, leria mais sobre a relação das gêmeas com os pais, os próximos anos de faculdade e o futuro delas em relação aos outros personagens aos quais somos apresentados em Fangirl.


FANGIRL
Autora: Rainbow Rowell
Tradução: Lígia Azevedo
Editora: Seguinte
Páginas: 464
Onde comprar: Amazon

*Livro recebido através da parceria com o Grupo Companhia das Letras.


Postado por Carla Furlan

É publicitária, atriz e bailarina. É fã de O Senhor dos Anéis, Game of Thrones e do diretor Quentin Tarantino. Na música, adora Nando Reis, Beatles, Elvis e até hoje ama os Backstreet Boys.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s