Resenha | O poço e o pêndulo, de Edgar Allan Poe

Na última postagem sobre eBooks grátis eu comentei sobre o Clube de Leitura da Caveira, iniciativa da DarkSide Books que vai disponibilizar um conto gratuito de Edgar Allan Poe toda segunda-feira. E a Caveira já mandou bem logo de cara: a primeira história é O poço e o pêndulo.

Uma cela muito estranha

Publicado em 1842, o conto tem como narrador um prisioneiro da Inquisição. Não fica claro do que o homem foi acusado, mas ele é julgado e condenado à morte. Porém, ao invés de ser executado imediatamente, o narrador é levado para uma estranha cela na cidade de Toledo, que possui mecanismos capazes de matá-lo com crueldade ou levá-lo ao suicídio. Os carrascos do prisioneiro são tão sádicos que assistem, escondidos, tudo o que acontece na cela.

“Enquanto continuava a seguir em frente com cuidado, uma miríade de vagos rumores acerca dos horrores de Toledo condensou-se em minha mente. Recordei-me que, nas masmorras, circulavam estranhos relatos — que sempre julgara como meras fábulas —, tão estranhos e macabros que só podiam ser contados aos sussurros.”

Macabro, né?

Poe-2
O escritor norte-americano Edgar Allan Poe (1809-1849).

Deus Ex Machina

A leitura de O poço e o pêndulo é claustrofóbica e angustiante. O estado de espírito do narrador se alterna entre a esperança e o desespero, e o leitor nunca sabe como o personagem vai escapar das armadilhas do lugar. Edgar Allan Poe apela para o Deus Ex Machina, mas isso não compromete a experiência impactante que é ler esse conto.

Aqui, Poe não utiliza elementos sobrenaturais. O terror e a maldade presentes são exclusivamente humanos — o que pode ser muito mais assustador.

Para baixar O poço e o pêndulo gratuitamente, é só acessar esse link e preencher o formulário. O conto também está presente na obrigatória coletânea Medo clássico Volume 1.


capa-o-poço-e-o-pêndulo.jpg

Avaliação: 4.5 de 5.

O POÇO E O PÊNDULO (presente em Medo Clássico Volume 1)
Autor: Edgar Allan Poe
Tradução: Marcia Heloisa
Editora: DarkSide Books
Páginas: 21
Onde ler: Clube de Leitura da Caveira


Postado por Lucas Furlan

É formado em Comunicação Social e trabalha com criação de conteúdo para a internet. Toca guitarra e adora música e cinema, mas, antes de tudo, é um leitor apaixonado por livros.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s