Resenha | Dentro do bosque, de Ryunosuke Akutagawa

Dentro do bosque é um dos contos mais célebres da literatura japonesa e sua construção é absolutamente intrigante. A narrativa é formada pelos relatos de sete personagens que tentam elucidar o assassinato de um homem, cujo cadáver foi encontrado no meio de um bambuzal. O problema é que esses relatos apresentam divergências, em especial os três últimos — que são justamente os testemunhos das pessoas que presenciaram o crime.

Um crime com múltiplas versões

No conto, Ryunosuke Akutagawa se aproxima das histórias policiais, mas o autor não deixa explícito qual dos depoimentos é verdadeiro e nem quem é o assassino, já que mais de um personagem assume a responsabilidade pela morte. Mesmo o último relato — que é inesperado e, em tese, seria o definitivo — é feito através de um intermediário e, por isso, também pode ser duvidoso.

Dentro do bosque nos leva a pensar como uma mesma situação pode ser vista e vivida de tantas formas diferentes, e como os nossos sentimentos (culpa, vergonha, medo, amor, ódio, remorso) podem afetar nosso ponto de vista. Os personagens são um enigma: eles mentiram deliberadamente em seus testemunhos ou realmente acreditam neles?

O escritor japonês Ryunosuke Akutagawa (1892-1927).

Inspiração para Akira Kurosawa

Mesmo com essa estrutura fragmentada, o conto é muito acessível. Mas não se engane: ele é bastante sombrio — apesar das poucas páginas, Akutagawa aborda assuntos como perda da honra (tema caríssimo aos japoneses), suicídio e estupro.

Dentro do bosque foi publicado em 1922 e continua extremamente moderno. Quem é cinéfilo já percebeu que ele foi uma das bases do filme Rashomon, clássico de Akira Kurosawa de 1950. Rashomon, aliás, é o título de outro conto famoso de Ryunosuke Akutagawa.

O autor se suicidou com apenas 35 anos, mas deixou uma obra vasta, sendo considerado “o pai do conto japonês”. O prestigioso Prêmio Akutagwa foi criado em sua homenagem e é entregue desde 1935. Eu nunca tinha lido nada dele e fiquei impressionado!

Dentro do bosque é mais um ótimo conto disponibilizado gratuitamente pela editora Morro Branco em seu site, dentro do Projeto Cápsula. Até agora a seleção das narrativas tem sido impecável!


dentro-do-bosque-capa.jpg

Avaliação: 5 de 5.

DENTRO DO BOSQUE
Autor:
Ryūnosuke Akutagawa
Tradução: Victor Gomes
Editora: Morro Branco
Páginas: 19
Onde ler: site da editora Morro Branco


Postado por Lucas Furlan

É formado em Comunicação Social e trabalha com criação de conteúdo para a internet. Toca guitarra e adora música e cinema, mas, antes de tudo, é um leitor apaixonado por livros.

2 comentários em “Resenha | Dentro do bosque, de Ryunosuke Akutagawa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s