Resenha | Eu e não outra – a vida intensa de Hilda Hilst, de Laura Folgueira e Luisa Destri

Eu e não outra – a vida intensa de Hilda Hilst
Autoras: Laura Folgueira e Luisa Destri
Editora: Tordesilhas
Páginas: 232
Onde comprar: Amazon

Você não precisa se sentir culpado se sabe pouco sobre a Hilda Hilst. A escritora paulista – que foi a grande homenageada da Flip 2018 – teve poucos leitores enquanto estava viva, e sua obra só teve um reconhecimento mais amplo após sua morte, ocorrida em 2004. Porém, se você quiser mais sobre ela, eu recomento muito a leitura da biografia Eu e não outra – a vida intensa de Hilda Hilst, de Laura Folgueira e Luisa Destri, que foi publicada e enviada para o blog pela Tordesilhas.

Embora sejam especialistas na obra de Hilda, as autoras optaram por não incluir análises de seus escritos, preferindo narrar episódios que, nas palavras delas, permitem “um vislumbre da personalidade e da história de vida de Hilda Hilst”.

E a escritora era uma figuraça.

Hilda Hilst (1930-2004) no final dos anos 1990 (Centro de documentação Alexandre Eulálio/Unicamp).

Na infância, Hilda estudou num colégio católico e dizia que um dia se tornaria santa, apesar de beber escondida o vinho da missa.

Já adulta, viveu grandes paixões e teve vários casos amorosos, inclusive com sedutores notórios como Vinícius de Moraes e Dean Martin. Mas umas das melhores histórias do livro é sobre uma paquera que não deu certo: uma ousada investida dela sobre o galã Marlon Brando, tendo Franz Kafka como assunto da conversa.

Laura Folgueira e Luisa Destri também descrevem as experiências de Hilda com espíritos e discos voadores, e sua controversa decisão de escrever livros pornográficos. Entre 1990 e 1992, Hilda publicou a chamada Tetralogia Obscena, formada pelos livros O caderno rosa de Lori Lamby, Contos de escárnio/Textos grotescos, Cartas de um sedutor e a coletânea de poemas Bufólicas.

Mas apesar de ter essa personalidade pouco convencional em muitos aspectos, Hilda Hilst não é tratada em nenhum momento como uma figura pitoresca.

Ela era uma grande intelectual e uma autora respeitadíssima no meio literário. E esse respeito surgiu logo com a publicação de seu primeiro livro de poemas, Presságio, lançado quando ela ainda era apenas uma estudante de direito com 20 anos de idade. Além de poesia, ela também escreveu prosa e peças de teatro.

Hilda sabia da qualidade de seu trabalho e não se conformava por ter tão poucos leitores. Os problemas financeiros também eram uma preocupação constante, apesar de ela ter recebido uma herança considerável de seus pais.

Hilda e Lygia Fagundes Telles em 1950 (Instituto Hilda Hilst).

A autora via a escrita quase como uma missão religiosa, que exigia uma certa dose de abnegação. Por isso, ela parava de beber e de fazer sexo sempre que estava trabalhando em um novo livro.

Essa mesma linha de pensamento fez com que Hilda abandonasse a agitada vida paulistana aos 31 anos, para viver numa chácara em Campinas, batizada de Casa do Sol. Foi lá que ela produziu a maior parte de sua obra. Esse “retiro literário” também se manifestou em mudança de aparência: Hilda deixou o glamour de sua juventude de lado e passou a exibir um visual bem menos vaidoso.

Mas engana-se quem pensa que a escritora viveu isolada do mundo. A Casa do Sol (que hoje abriga o Instituto Hilda Hilst) teve inúmeros moradores e as visitas de amigos — como Lygia Fagundes Telles e Caio Fernando Abreu — eram frequentes.

O reconhecimento demorou, mas chegou para Hilda Hilst. Praticamente sua obra completa está disponível em novas edições – e o que falta vai chegar às livrarias em breve. Seu livro Júbilo, memória, noviciado e paixão foi o mais vendido da Flip 2018.

Eu e não outra – a vida intensa de Hilda Hilst é uma biografia excelente e veio em ótima hora. O livro é muito divertido e de rápida leitura, e tem tudo para tornar o nome da escritora ainda mais conhecido.

AVALIAÇÃO

5-estrelas-2

 Fotos: Lucas Furlan

 

3 comentários em “Resenha | Eu e não outra – a vida intensa de Hilda Hilst, de Laura Folgueira e Luisa Destri

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s