Sabia que Dostoiévski admirava Edgar Allan Poe?

Em sua edição de A narrativa de A. Gordon Pym, o único romance de Edgar Allan Poe, a saudosa Cosac Naify incluiu um prefácio de Fiódor Dostoiévski no qual ele demonstra toda a sua admiração pelo autor americano.

O texto foi publicado originalmente em 1861, em uma das edições do periódico Vrêmia, que contava com traduções dos contos O coração delator (The tell-tale heart), O gato preto (The black cat) e O diabo no campanário (The devil in the belfry).

Dostoiévski chama Poe de “um escritor particularmente estranho (…) embora de grande talento”, e se espanta com a maneira como o autor utilizava elementos sobrenaturais, que sempre se manifestavam sobre uma base realista. Essa característica, segundo o russo, o diferenciaria de E. T. A. Hoffmann, que também narrava histórias fantásticas mas utilizava personagens e cenários “fora do mundo terreno”.

“Seria antes o caso de chamar Edgar Allan Poe não de escritor fantástico, mas de caprichoso. E que caprichos mais estranhos, que coragem nesses caprichos! Quase sempre toma a realidade mais extraordinária, põe seu herói na mais extraordinária situação externa ou psicológica, e com que perspicácia, com que precisão surpreendente ele relata o estado de alma dessa pessoa!” (Tradução de Renata Esteves)

O autor de Crime e castigo e Os irmãos Karamázov ainda destaca a riqueza de detalhes presente na imaginação de Edgar Allan Poe, e ilustra essa observação com uma história curiosa: quando o conto The balloon-hoax (que narra uma viagem fictícia de balão entre a Europa e a América) foi publicado pela primeira vez num jornal, muitos leitores acreditaram se tratar de uma história real.

Se os elogios de Dostoiévski não fossem suficientes, essa edição da Cosac ainda conta com um segundo texto escrito por outro admirador célebre de Poe: o poeta simbolista francês Charles Baudelaire.

Edgar Allan Poe nasceu há exatamente 212 anos, em 19 de janeiro de 1809.


Postado por Lucas Furlan

É formado em Comunicação Social e trabalha com criação de conteúdo para a internet. Toca guitarra e adora música e cinema, mas, antes de tudo, é um leitor apaixonado por livros.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s