Resenha | O homem que caiu na Terra, de Walter Tevis

O HOMEM QUE CAIU NA TERRA
Autor: Walter Tevis
Tradução: Taíssa Reis
Editora: DarkSide Books
Páginas: 224
Avaliação: 4-estrelas-muito-bom / Muito bom
Onde comprar: Amazon

Escrito pelo norte-americano Walter Tevis e publicado em 1963, O homem que caiu na Terra é um livro de ficção científica muito peculiar. Nele, as principais questões que afligem o extraterrestre que desembarca no nosso planeta envolvem a solidão, o vício e a dúvida.

Um alien milionário

A história começa em 1985, quando um alienígena do planeta Anthea chega sem nenhum alarde ao interior dos Estados Unidos. Disfarçado de humano, ele adota o nome de Thomas Jerome Newton. Em pouco tempo, graças ao conhecimento tecnológico que trouxe de seu planeta, Newton constrói um império industrial e se torna multimilionário. Boa parte do seu dinheiro é investida no projeto de uma máquina gigantesca e misteriosa.

Duas questões principais logo surgem na cabeça do leitor: por que Newton veio para a Terra? E qual seria a verdadeira função dessa máquina?

Enquanto seu projeto não é finalizado, o alienígena precisa conviver com os humanos e isso não faz nada bem pra ele. Newton se sente sozinho, começa a questionar seu objetivo na Terra (sim, ele tem uma missão a cumprir) e se torna alcoólatra. Pra piorar, ele sente muitas dores, pois seu corpo frágil é inadequado para a vida no nosso planeta.

Além do protagonista, o narrador descreve o ponto de vista de outros dois personagens: o cientista Nathan Bryce e a governanta Betty Jo. Eles são as pessoas mais próximas de Newton e são quase tão solitárias quanto ele.

O escritor norte-americano Walter Tevis (1928-1984). (Reprodução)

Bowie

O homem que caiu na Terra não é um livro de ação ou aventura. A maior parte dele descreve os sentimentos de solidão do personagem principal e suas percepções sobre a vida humana. O tom geral é pessimista, já que existe uma grande preocupação com a destruição da natureza e com a ameaça de uma conflito nuclear (lembrando que o romance foi lançado durante a Guerra Fria).

Ainda assim, o livro é muito interessante. Walter Tevis levanta questões que continuam relevantes até hoje e a forma como ele constrói seu protagonista é bastante original. A cena em que Thomas Newton revela sua verdadeira aparência para o leitor é impactante.

A edição da Darkside Books tem capa dura, fitilho e está ótima como sempre. Ela é totalmente inspirada na adaptação cinematográfica de O homem que caiu na Terra, que foi dirigida por Nicolas Roeg e chegou aos cinemas em 1976. O filme se tornou um clássico cult e teve o cantor David Bowie — em sua primeira atuação no cinema — na pele do personagem principal.

7 comentários em “Resenha | O homem que caiu na Terra, de Walter Tevis

  1. Ainda não conheço a história desse livro, mas pelo que você escreveu parece ser interessante! Sem contar a edição lindíssima da DarkSide. ♥

    Curtido por 1 pessoa

  2. Particularmente, prefiro sci-fis que em vez de aventura foquem em questões humanas. Tenho certeza que irei adorar esse livro! Obrigada por compartilhar essa resenha! Tenho o livro há tempos e acabou meio largado. Meu interesse por ele agora cresceu!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Gio - Atraídos Pela Leitura Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s