Resenha | Uma casa no fundo de um lago, de Josh Malerman

Uma casa no fundo de um lago
Autor: Josh Malerman
Tradução: Fabiana Colasanti
Editora: Intrínseca
Páginas: 160
Onde comprar: Amazon

Você pode até não ser fã dos livros do Josh Malerman, mas uma coisa é inegável: o autor norte-americano tem idéias originais e intrigantes para suas obras. Veja o caso de Uma casa no fundo de um lago (que foi lançado em 2016, mas só chegou ao Brasil em julho de 2018): James e Amelia, dois jovens inseguros de 17 anos, vão passear num lago em seu primeiro encontro e descobrem uma casa submersa!

A residência tem dois andares e está completamente mobiliada. Mesmo estando embaixo d’água, ela está em boas condições e os objetos em seu interior (livros, inclusive) não flutuam.

Se você não fica curioso com um ponto de partida desses, sinto informar, mas tem algo errado com você…

James e Amelia, como não poderia ser diferente, ficam fascinados pela casa submersa. Com a impulsividade da juventude, eles adquirem equipamentos profissionais de mergulho para poderem explorar cada vez mais os inúmeros cômodos daquela construção mágica. Quanto mais fundo mergulham, mais se apaixonam um pelo outro.

Mas enquanto avançam, tanto no relacionamento quanto na exploração da casa, eles começam a desconfiar que o lugar tem um morador secreto.

Em Uma casa no fundo de um lago encontramos as qualidades e defeitos que já estavam presentes em Caixa de pássaros, o primeiro livro de Malerman que se tornou um grande best seller. O autor continua capaz de fisgar o leitor, nos obrigando a ler um capítulo atrás do outro. Ele também segue criando cenas tensas e com muito suspense, embora Uma casa no fundo de um lago não seja uma obra de terror – ao contrário do que muita gente pensa antes de começar a ler.

Por outro lado, alguns pontos fracos incomodam, como a pressa com que o autor narra a sua história, os personagens com pouca profundidade e uma certa “forçada na barra” em algumas passagens (Amelia e James têm a primeira relação sexual dentro da casa submersa, usando máscaras de mergulho e pés de pato…).

O final do livro, como virou regra nos livros de Josh Malerman, desagradou vários leitores… Ele poderia ter sido melhor desenvolvido, mas não o achei incoerente. Nos próximos dois parágrafos eu dou minha interpretação sobre o fim da obra; se você ainda não leu e quiser fugir de spoilers, é melhor pular.

Na minha opinião, a casa submersa é uma representação das várias etapas do relacionamento entre James e Amelia – que, só pra lembrar, são personagens jovens, inexperientes e que mal se conhecem. É por isso que apenas eles foram capazes de encontrá-la. A casa (e o começo do namoro) eram mágicos e encantadores no princípio mas, à medida que eles exploram seus cômodos (ou se conhecem melhor), vão percebendo que nem tudo é perfeito. Os seres que habitam a casa representam a expectativa de cada um dentro do namoro – por isso, as visões deles são diferentes.

No fim, quando a casa desaparece, é sinal que o sentimento entre eles acabou. Apesar de ser Amelia quem sugere a separação, ela não se sente segura quanto à sua decisão; não por acaso, ela reencontra uma segunda casa no “mundo real”, e ela é idêntica à submersa. Não há mais mágica, mas Amelia quer continuar visitando a residência onde viveu momentos felizes. James, por outro lado, consciente de que o relacionamento chegou ao fim, é incapaz de enxergar a segunda casa.

Pronto. Chega de spoilers.

Concluindo, não achei Uma casa no fundo de um lago de todo ruim, mas ele é inferior à Caixa de pássaros. A ideia de Josh Malerman foi muito boa, mas merecia um desenvolvimento melhor — especialmente no desfecho.

O autor consegue prender a atenção do leitor e o livro tem uma trama original. Mas, se você não é fã dos livros de Malerman, não é com Uma casa no fundo de um lago que você vai começar a ser.

AVALIAÇÃO

2-estrelas-2

 

→ Fotos: Lucas Furlan

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s