Lista | 6 curiosidades sobre o filme “A forma da água”

No último domingo, 4, o filme A forma da água confirmou o favoritismo e se tornou o grande vencedor do Oscar 2018. O longa de Guillermo del Toro, que apresenta a relação de uma criatura marinha com uma mulher muda, faturou 4 estatuetas: “melhor direção de arte”, “melhor trilha sonora original”, “melhor diretor” e “melhor filme”. Hoje eu conto pra você 6 curiosidades sobre o filme:

1 – O diretor e o Oscar

Não foi a primeira vez que um filme de Guillermo del Toro se destacou no Oscar. Em 2007, O labirinto do fauno recebeu seis indicações para os prêmios da Academia, incluindo “melhor roteiro original” e “melhor filme estrangeiro”. Na ocasião, o diretor mexicano saiu de mãos vazias, mas viu sua produção ser premiada nas categorias “melhor direção de arte”, “melhor fotografia” e “melhor maquiagem”.

Guillermo del Toro e suas duas estatuetas do Oscar 2018.

2 – Enxurrada de prêmios

Além das quatro estatuetas do Oscar, A forma da água brilhou em outras premiações do cinema. No Globo de Ouro foram dois troféus, incluindo “melhor diretor”. E no Festival de Veneza, uma das mostras cinematográficas mais importantes e tradicionais do mundo, o filme de Guillermo del Toro faturou o prêmio mais importante: o Leão de Ouro.

Da esq. para a dir.: os atores Richard Jenkins, Octavia Spencer, Sally Hawkins e o diretor Guillermo Del Toro no Festival de Veneza.

3 – De onde veio a inspiração

Guillermo del Toro nunca escondeu que a principal inspiração para A forma da água foi o filme O monstro da lagoa negra, que foi dirigido por Jack Arnold e chegou aos cinemas em 1954. Del Toro gosta tanto desse clássico do terror que até tentou fazer um remake, mas a Universal (dona dos direitos do personagem) não comprou sua ideia. Ah, se arrependimento matasse…

4 – Um mestre dos disfarces

Quem acompanha a filmografia de Guillermo del Toro sabe que seus filmes são cheios de criaturas fantásticas. Além de contar com maquiadores sensacionais, o diretor tem o ator Doug Jones como seu homem de confiança. Nos filmes do Hellboy, Jones interpretou Abe Sapien e o Anjo da Morte; em O labirinto do fauno ele deu vida ao Homem Pálido (aquele monstro com olhos nas palmas das mãos) e a criatura mitológica que dá nome ao filme. Adivinha só quem Gullermo del Toro escalou para viver o ser aquático de A forma da água? E sabe quanto tempo a maquiagem dele demorava pra ficar pronta? Mais de três horas!

Doug Jones se transformando na criatura aquática.

5 – Tem que ser Sally Hawkins

A atriz Sally Hawkins sempre foi a primeira e única escolha de Guillermo del Toro para interpretar Eliza em A forma da água. O diretor percebeu que ela seria perfeita para o papel depois de assistir sua atuação no filme Submarine, de Richard Ayoade. Todo o roteiro de A forma da água foi escrito tendo Sally em mente e a escolha foi muito acertada: por sua atuação, a inglesa foi indicada ao Oscar de “melhor atriz”.

A atriz Sally Hawkins caracterizada como a personagem Eliza Esposito.

6 – Tem livro também!

Se você gostou do filme, pode mergulhar ainda mais no universo de A forma da água lendo o livro de mesmo nome. Ele foi escrito por Guillermo del Toro e Daniel Kraus, e saiu aqui no Brasil pela Intrínseca. O filme não é uma adaptação do livro, e nem o livro é uma novelização do filme. O romance foi escrito durante a produção do longa, e  expande a história, incluindo novos personagens e situações. Pra saber mais sobre o livro, é só clicar na capa abaixo:

Você já assistiu A forma da água? O que achou? Conte nos comentários!

Imagens extraídas da internet.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s