Crítica | 1922

Nesta semana eu finalmente assisti ao filme 1922, produzido pela Netflix e dirigido e roteirizado por Zak Hilditch. O longa é uma adaptação do conto de mesmo nome de Stephen King, que faz parte do livro Escuridão total sem estrelas. Sei que já escrevi sobre King na postagem de terça, mas, como hoje é Sexta-feira 13, tenho certeza que outro texto relacionado ao universo do escritor vem bem a calhar.

Continuar lendo “Crítica | 1922”