Livre-arbítrio e legado familiar são os temas da HQ ‘Condado Maldito 4’

O livre-arbítrio é um dos principais temas da série Condado Maldito. Desde o primeiro volume, a protagonista, Emmy, precisa tomar decisões que a aproximam ou a afastam da bruxa Hester Beck, com quem ela tem uma grande ligação. Neste volume 4 não é diferente.

Continuar lendo “Livre-arbítrio e legado familiar são os temas da HQ ‘Condado Maldito 4’”

O aniversário do blog passou em branco — pela última vez

No último sábado, dia 30 de julho, o Valeu, Gutenberg! completou seis anos. Porém, ao contrário dos aniversários anteriores, dessa vez não teve festa nem sorteio. Não havia clima.

Continuar lendo “O aniversário do blog passou em branco — pela última vez”

Resenha | ‘Meu Nome é Selma’: a impressionante autobiografia de uma heroína que sobreviveu ao nazismo

Sempre que lemos ou escutamos falar sobre a ocupação nazista na Holanda, o nome de Anne Frank é o primeiro que nos vem à cabeça. Afinal, a adolescente — que morreu aos 15 anos no campo de concentração Bergen-Belsen, em 1945 — legou ao mundo um diário que se tornou um dos livros mais lidos de todos os tempos. Na autobiografia Meu Nome é Selma, conhecemos a história de outra jovem judia que sentiu na pele os horrores do nazismo: Selma Van de Perre. Apesar de todo o sofrimento, seu relato tem um final feliz.

Continuar lendo “Resenha | ‘Meu Nome é Selma’: a impressionante autobiografia de uma heroína que sobreviveu ao nazismo”

Resenha | No terror ‘Calmaria Forçada’, os personagens precisam enfrentar o passado e o sobrenatural

A escritora Rosane Montalvão não pega leve com os personagens de Calmaria Forçada, seu primeiro romance. Eles sofrem todo tipo de violência ao longo do livro, e são obrigados a revisitar feridas do passado que nunca cicatrizaram.

Continuar lendo “Resenha | No terror ‘Calmaria Forçada’, os personagens precisam enfrentar o passado e o sobrenatural”