Flipback? Clássicos no Instagram Stories? Conheça dois novos formatos de livros que têm tudo para conquistar jovens leitores

Nós adoramos livros físicos e achamos que eles estão entre os objetos mais perfeitos já criados na história da humanidade, certo? Também gostamos muito de eBooks, afinal, eles são práticos e mais baratos — embora não tenham cheiro como um livro de papel. Mas outros formatos estão sendo testados pelo mundo na tentativa de alcançar novos leitores. Hoje eu vou falar sobre dois deles: o flipback e o Instagram Stories. Não, você não leu errado: livros estão sendo postados no Instagram Stories!

Flipback

Flipback é o nome em inglês do formato que já existe há algum tempo na Holanda, onde é chamado dwarsligger. Trata-se de um minilivro com folhas bem finas. Claramente ele foi pensado para jovens leitores que não conseguem desgrudar do smartphone: ele é praticamente do tamanho de um celular e suas páginas são viradas na vertical, ao invés da horizontal. Pra você ter uma ideia melhor, veja essas imagens postadas pelo Buzzfeed:

O flipback é quase do tamanho de uma caneca (Farrah Penn/BuzzFeed)
As páginas do flipback são viradas na vertical, e não na horizontal. (BuzzFeed)

Nos Estados Unidos o formato começou a ser testado pelo selo Dutton, que faz parte da Penguin Random House. Pra ficar ainda mais claro que esse formato é direcionado ao público jovem, os primeiros flipbacks publicados por lá foram reedições das obras mais conhecidas de John Green.

Edições em flipback e as edições tradicionais dos livros de John Green. Repare na diferença dos tamanhos. (Eric Helgas/The New York Times)

Instagram Stories

Quem também resolveu inovar no formato dos livros que disponibiliza foi, quem diria, uma instituição que já tem mais de 100 anos: a Biblioteca Pública de Nova York (New York Public Library). Fundada em 1895, ela passou a disponibilizar desde o ano passado obras que já caíram em domínio público nos Stories que ficam destacados no seu perfil no Instagram.

A leitura é feita como se você estivesse vendo qualquer outra postagem no Stories: você mantém o dedo pressionado na tela até finalizar a página e toca no canto direito para passar para a seguinte. Todos o material textual é extraído do Project Gutenberg, site que reúne textos em domínio público para leitura online e download.

No momento em que escrevo esse post (janeiro de 2019) são 5 as obras disponíveis: As aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, O papel de parede amarelo, de Charlotte Perkins Gilman, O corvo, de Edgar Allan Poe, A metamorfose, de Franz Kafka, e Um conto de Natal, de Charles Dickens. Todos, obviamente, estão em inglês.

Introduções animadas de “Alice” e “A metamorfose”.

Quanto mais leitores, melhor

Acesse o Instagram da Biblioteca Pública de Nova York e veja que bacana que ficou. Todas as obras possuem uma introdução animada.

Eu ainda não fiz uma leitura mais longa através do Stories, por isso não posso dizer se é cansativo ler por ali ou não. Mas essa ferramenta pode ser uma boa pedida inclusive para escritores iniciantes que desejam divulgar seus textos.

É isso aí. Independentemente do formato, o importante é levar os livros e a leitura para o maior número possível de pessoas.

Vocês já conheciam esses formatos? Ficaram curiosos pra ler? Contem pra mim nos comentários!

2 comentários em “Flipback? Clássicos no Instagram Stories? Conheça dois novos formatos de livros que têm tudo para conquistar jovens leitores

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s